Rupert é um dálmata lindo que foi adotado do refúgio Dogs Trust. Este cão teve uma vida muito dura e teve sérios problemas para alcançar a confiança em seres humanos e outros cães. Os primeiros anos com sua dona Sonya Schiff foi bastante duro e ambos tiveram de trabalhar imenso para superar os seus problemas de agressão.

Sonya Schiff e seu filhote Rupert moram na cidade de Londres.

Sonya decidiu dar-lhe todo o amor do mundo e com o tempo o fofo Rupert começou a confiar nela e na sua família. No entanto, o cão ainda tem alguns problemas de ansiedade, especialmente quando se trata de visitar o veterinário.

“Levou um ano para confiar em mim e depois desenvolveu uma ansiedade de separação sempre que eu me afastava dele”, diz Sonya.

Depois de passar algum tempo juntos, Sonya percebeu que Rupert tinha um problema numa das suas pernas. Ele mancava imenso e parecia doer muito, então Sonya decidiu levá-lo ao veterinário. Mike, o veterinário de clinica Davies Veterinay estava encarregado de tratar Rupert, mas descobriu que não seria uma tarefa fácil devido à enorme desconfiança que o dálmata sentia por qualquer estranho.

“Sempre que eu tentava examiná-lo, ele rosnava-me” afirma o veterinário.

Mas a solução estava mais próxima do que eles pensavam. Como Sonya sabia o quão nervoso ele ficava no meio de estranhos, ela decidiu levá-lo num traje de rato para que o cão pudesse usá-lo como cama. Quando Mike percebeu o enorme amor que o cachorro tinha pela fantasia, ele não pensou duas vezes e vestiu o traje na tentativa de conquistar o amor dele.

Sonya usou o traje de rato para que Rupert reconhecesse o seu cheiro disfarçada.

Foi um sucesso. Rupert não deixava ninguém se aproximar do traje, e uma vez que ele sentiu que o veterinário cheirava exatamente como a sua amada dona disfarçada, ele começou a confiar nele imediatamente. Mike foi capaz de realizar vários testes em Rupert e finalmente determinou que o cão tinha de ser operado.

Rupert foi diagnosticado com displasia da anca e um problema nos ligamentos.

Meses depois, Mike operou Rupert e não hesitou em usar o enorme traje de rato para realizar os cuidados pós-operatórios. Ele até deu alguns passeios e ambos usaram o cone na cabeça para que o cachorrinho não se sentisse sozinho.

A operação de Rupert correu bem e a sua qualidade de vida melhorou.

É lindo saber que este veterinário tem um coração enorme e nunca desistiu. Nota-se que gosta daquilo que faz e sente-se bem em conseguir ajudar os seus utentes.

Por mais veterinários destes pelo mundo!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS