Sabemos que algumas crianças podem ser um pouco maléficas umas com as outras durante o período em que estão na escola, isto porque ainda existe muitos padrões que definem uma pessoa como “normal” e também existe uma grande espírito de competição. Muita gente quer dar a entender que é melhor do que os outros e o caminho mais fácil é mesmo humilhar os outros.

Precisamente o que estava acontecer com uma menina na Escola Elementar Meador nos EUA. Todos os seus colegas gozavam com ela e deixavam-na de parte porque a menina tinha o cabelo curto. Mas a professora Shannon Grim apercebeu-se do que se estava a passar e decidiu fazer alguma coisa para acabar com isto.

Foi então que ela teve a ideia de cortar o seu próprio cabelo para ficar igual à menina.

A menina que sofreu com os comentários dos seus colegas chama-se Priscilla Perez e tem apenas 5 aninhos. Quando a sua professora chegou à escola exactamente igual a ela, nem queria acreditar no que estava a ver, pois nada tinha sido combinado entre elas.

No dia em em que apareceu com o cabelo igual ao de Priscilla, a professora levou um lacinho para ambas meterem, alegando que significa a força e a determinação da menina terá de ter quando alguém lhe vira as costas.

A professora que dá aulas apenas há dois anos, queria que todos os seus alunos entendessem uma coisa muito importante, que tal e qual como os meninos podem ter cabelo grande igual às meninas, as meninas também podem ter o cabelo curto igual aos meninos.

Espera que eles se lembrem deste gesto e que sigam o exemplo para o futuro.

“Na vida, você sempre terá alguém que não seja legal com você. Mas, é como o que você faz e como você reage”, diz a professora.

Priscilla diz à professora que sabe que quando crescer vai ter colegas que provavelmente não a vão tratar bem, porque na vida é mesmo assim, nem sempre nos cruzamos só com gente de bom coração. Mas ela diz que ainda assim vai ser gentil com esses colegas, tal e qual como a professora foi.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS