É hora de parar de pensar que coisas como maquilhagem são “coisas de mulher”, porque elas são apenas “coisas” daqueles que as amam.

Neste mundo tão heteronormais, tendemos a acreditar que existem “coisas para as mulheres” e “coisas para os homens”. A moda, a maquilhagem, são coisas associadas às mulheres e que, se um homem decidir apaixonar-se por qualquer uma destas áreas, estará a renunciar a sua masculinidade (como se a masculinidade ou feminilidade de uma pessoa dependesse de seu gosto).

Raúl Santiago é um homem que não está disposto a deixar que os preconceitos da sociedade de hoje atrapalhem os seus sonhos.

Então, sendo adulto, ele decidiu fazer algo que desejava há anos: fazer um curso de maquilhagem.

Ele fez isto com a engenheira Deysbel Olochea, que partilhou na sua conta de Facebook o momento da formatura de Rául, monstrando o quanto está orgulhosa nele.

Olchea diz que é a primeira vez que tem um estudante do sexo masculino da idade de Raúl, mas que ele é honrado que ele a escolheu para ensiná-lo.

Ela também explicou que Raul vende maquilhagem para ganhar a vida e que decidiu fazer o curso para oferecer um melhor serviço aos seus clientes.

Nas fotografias que a sua professora partilhou nota-se perfeitamente que ele tem um talento mais do que natural para maquilhagem.

Definitivamente, ele está desaparecido há tantos anos sem se dedicar ao que poderia ser sua verdadeira paixão na vida.

Lembre-se, nunca é tarde demais para realizar seus sonhos. Quando eles sentirem que querem fazer algo, faça o que eles disserem.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS