As crianças que não sabem brincar

Estamos diante de uma alarmante realidade: as crianças do século XXI, vítimas do acúmulo de tarefas e compromissos diários vivem rotinas dignas de altos...

Além do Bullying: provocações que humilham

Uma vez confirmado o envolvimento em situações de conflito relacionado às provocações,  é indispensável que os adultos se preparem e se organizem para intervir e mediar, ajudando os menores a compreender, refletir e ressignificar seus comportamentos, encaminhando-os  para o estabelecimento de relações mais saudáveis.

Educar não é formatar

"E devemos ter sempre em mente que nossos filhos são seres livres, que precisam aprender a andar com as próprias pernas para que possam seguir o caminho que acharem melhor."

NOVIDADES